antecipação de domingo 27 de março

Acordei exatamente às 7h. Após o café da manhã neste domingo atravessado por incertezas, li sobre o Chile – e o que está em devir neste país – e as incertezas foram desfeitas. Acreditar no processo de que somos partes por existirmos neste continente magnífico – a América está em ebulição – e fazer disto o conteúdo que preenche as horas, como se as horas fossem ausentes de tempo e restasse somente o instante. A nova metanarrativa latinoamericana é esta: processos históricos foram interrompidos no passado, a linguagem ressuscitou tais processos a fim de instaurá-los no presente, a partir daí a história é aberta em nome da recuperação do que existiu, e o que existiu é um passado revolucionariamente à esquerda. A meu ver, não estaríamos no interior de “tragédia” e “farsa” porque entre tais elementos está a potência da linguagem – com o anteparo das lutas cotidianas – a criar o ineditismo na história enquanto acontecimento. O cigarro que fumei nesta manhã, após ler sobre o Chile, um cigarro perfeito.

Tarde: assistir futebol com minha vózinha; time dela venceu!

Noite: lanche com padrinhos.

Agora: iniciando a semana plenamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: